• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Administrativo

21/02/2011

Comandante-Geral da PM visita fábrica da AVM e inspeciona confecção de fardamento

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

O Comandante-Geral da Polícia Militar Coronel Marcos Teodoro Scheremeta visitou a fábrica de uniformes da Associação Vila militar (AVM), localizada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Na ocasião, ele inspecionou a produção de uniformes que serão entregues em breve para os policiais militares das unidades da Capital. Além disso, lhe foi apresentado um modelo de farda em um tecido mais barato e impermeável para análise, e possível aprovação.

“O processo de aquisição dos uniformes para os policiais militares sofreu, durante o último ano, alguns percalços. Nós estamos atentos a esse problema e já resolvemos, junto a fábrica da AVM, que os primeiros lotes já vão ser distribuídos na semana que vem para algumas unidades da capital; temos previsão de entrega, na semana que vem, para 12° e 13° BPMs”, revela Scheremeta. A entrega será feita diretamente no almoxarifado das unidades, sem passar pela Central de Distribuição da PM.

“Isso reflete a nossa preocupação em dar ao policial militar paranaense o uniforme que tanto precisa, o mais breve possível, para bem se vestir, bem representar a corporação, e usufruir da contribuição mensal que faz por meio de sua folha de pagamento, referente ao seu uniforme”, explica o Comandante-Geral. “Nós temos pressa e, por isso, a entrega para as unidades do interior também será feita em pouco tempo”, destaca Scheremeta.

Sobre a proposta de um novo tecido para o uniforme da corporação, o Comandante-Geral enfatiza que atualmente é preciso pensar em tecnologia, e em novos tecidos que estão sendo oferecidos no mercado, para dar mais conforto aos policiais. “O intento da Polícia Militar do Paraná é fornecer aos seus integrantes um tecido compatível com as várias regiões do Paraná e, principalmente, um tecido duradouro, de boa qualidade e que suporte as agruras do dia-a-dia policial e bombeiro militar”, afirma.

“Então, viemos conhecer algumas amostras, alguns protótipos de uniformes, com determinados tecidos, para que sejam aprovados de acordo com as portarias da PM, completa. Para o presidente da AVM, Coronel Paluch, é importante que o Comandante-Geral acompanhe o andamento do trabalho, além de ser uma satisfação recebê-lo.

“Hoje foi apresentada a proposta de uma nova farda funcional, com tecido ‘ripstop’ para ser apreciada pelo Conselho Econômico Financeiro da PM, para possível aprovação e, consequentemente, aprovação. Além disso, ele acompanhou o andamento da produção de fardamento que, por meio de contrato realizado no início do ano, está prestes a ser entregue”, disse Paluch. “É um uniforme mais forte, protege de incêndios, de água e umidade, bem moderno e térmico também”, complementa o presidente.

AVM - A Fabrica da AVM conta com 107 funcionários, a maioria costureiras, e produz uniformes diferenciados para a PM. Detém todo o processo de confecção, desde o corte do tecido, passando pela costura e finalizando com o bordado. “O tecido do nosso fardamento foi desenvolvido exclusivamente para a Polícia Militar e cada conjunto de farda recebe um número de série e uma marca d’água da instituição e da fornecedora do tecido. Desta forma sabemos com qual policial está a farda, dificultando falsificações”, afirma o Comandante-Geral.

A visita ocorreu na sexta-feira (18) e ele esteve acompanhado do Presidente da AVM Coronel Oscar Paluch e do Diretor de Pessoal da PM Coronel Carlos Alexandre Scheremeta, o Assessor de Gabinete Tenente-Coronel Nilson Carlos Rosa e o Chefe da Comunicação Social da PM Tenente-Coronel Mauro Celso Monteiro, além de outros oficiais da AVM e da Polícia Militar.


Fotos: cabo Manoel Gomes

        




    


    


  
Comandante-Geral Coronel scheremeta                  Presidente da AVM Coronel Paluch

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.