• novas viaturas
  • helicopter_graer
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Destaque Polícia Militar
  • Intranet
  • Estado

Policiamento da Capital

08/02/2013

Policial militar do BOPE participa de curso técnico em explosivos na Colômbia

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Representando a Polícia Militar do Paraná (PMPR), o tenente Ilson de Oliveira Júnior, Comandante do Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), participou durante 14 meses de um treinamento na Colômbia, no qual se graduou no Curso de Técnico Profissional em Explosivos na Polícia Nacional.

O curso se caracteriza pelo elevado conhecimento dos técnicos da Polícia Nacional frente a incidentes terroristas e criminosos com a utilização de explosivos; O curso é financiado pelos Estados Unidos da América através do “Plano Colômbia”. Além do caráter acadêmico e científico, o treinamento é reconhecido como curso superior pelo Ministério da Educação da Colômbia, sendo exigida para a obtenção do grau, a produção de trabalho de conclusão de curso.

O tenente Oliveira obteve a 3ª colocação no curso e o único aluno de todo o ano letivo da Escola de Investigação Criminal da Polícia Nacional da Colômbia a obter o prêmio Trabalho “LAUREADO”, concedido aos trabalhos de conclusão de curso. Ele obteve nota máxima na sustentação para a banca com o artigo “O papel do esquadrão antibombas da Polícia Militar do Paraná na persecução criminal nos delitos com bombas e explosivos: um protocolo para elaboração de relatório técnico pericial”.

“Procurei escrever algo que não fosse útil somente para a especialidade com bombas e explosivos, mas acima de tudo algo útil para a instituição Polícia Militar do Paraná. Esse artigo estabelece um protocolo para a produção de Relatório Técnico-Pericial pelos integrantes do Esquadrão Antibombas em explosivos comerciais, militares e artefatos explosivos improvisados apreendidos em operações policiais, fornecendo todo o embasamento jurídico para tal atividade”, explica o tenente.

Outros policiais já representaram a PMPR no Curso de Técnico Profissional em Explosivos da Polícia Nacional da Colômbia. No ano de 1998 a instituição enviou o hoje tenente Ed Cleso, e o cabo Arildo, atualmente na reserva remunerada. Segundo o tenente Oliveira, este tipo de especialização também é importante com a Copa do Mundo de Futebol que terá jogos no Paraná. “É uma obrigação do poder público proporcionar níveis de segurança adequados em um evento de ampla repercussão internacional e a experiência adquirida pelos integrantes do Esquadrão Antibombas ajudará em futuras ações de proteção da sociedade”, reforça o tenente Oliveira.

CURSO – A grade curricular do curso, que realiza um ciclo completo de polícia, é bastante ampla, contando com disciplinas como detecção e desativação de artefatos explosivos, estrutura dos artefatos explosivos, incidentes com agentes químicos, biológicos e nucleares, química e eletrônica aplicada, investigação pós-explosão, criminalística, oralidade, metodologia de pesquisa científica, segurança do trabalho e inglês técnico.

Os alunos também possuem disciplinas jurídicas como direito penal, processo penal e constitucional, com o objetivo de preparar o aluno tanto para a realização de atividades de busca e localização de artefatos explosivos e operações de desativação, quanto para operações de pós-explosão e informes técnicos que irão aportar na persecução criminal nos delitos com explosivos no sistema penal acusatório colombiano.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.